segunda-feira, junho 08, 2009

Ser, ou negar.

O dilema de um ser não é decidir,
só pode haver ser se houver sentir.

Sentir ou não sentir?

Ausente o fingimento,
inexiste a questão.
Ser, é sentimento.
Não ser, é negação.

4 comentários:

Pé do André disse...

"Eu nao sou eu, eu sou o outro."
escreveu o Sa Carneiro

r. disse...

encontrei suas palavras por acaso -ou sorte ou ao azar - e me senti na intuição de dizer que me interessei sinceramente. não que faça alguma diferença, mas houve o sentimento.

Lisa disse...

Sr. "r",
A melhor coisa que um estranho pode conseguir é despertar algum interesse em alguém. Sem isso, seríamos eternos estranhos uns aos outros.

Jorge disse...

Embora justo, o silencio nao eh a sua melhor expressao, som!!!